O que fazer em caso de emergência odontológica?

Foto: Pixabay

Infelizmente, todo mundo está sujeito a passar por uma emergência odontológica. Esse é um problema que pode quando menos esperamos e é importante que você saiba o que fazer quando esse momento chegar.

Neste artigo, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre as emergências odontológicas, desde o que são, diferença entre urgência e emergência, como um convênio odontológico pode te ajudar nessa situação e, principalmente, o que você precisa fazer no momento que ocorrer uma causalidade.

O que é emergência odontológica? 

Quando falamos de emergência odontológica, estamos abordando uma necessidade emergencial, ou seja, que surge quando você não espera e que precisa ser rapidamente resolvida.

Dependendo do caso de emergência, caso seja muito grave, você pode correr até risco de vida se não for resolvido adequadamente e imediatamente.

Quais são as situações possíveis de emergência?

Para exemplificar, é importante destacar algumas situações que são consideradas emergência odontológica, envolvendo principalmente os dentes e que, dessa maneira, precisam ser rapidamente resolvidas. Confira:

  • Dor de dente súbita e intensa;
  • Deslocamento da coroa dentária;
  • Perda de dentes;
  • Fratura dentária;
  • Abscessos dentários.

Diferença entre emergência e urgência

Muitas pessoas confundem procedimentos de urgência com emergência, mas é importante destacar que existem diferenças sobre eles.

Como dissemos, a emergência significa algo inesperado, que ocorre de maneira abrupta e que pode causar certos danos à vida das pessoas e, por isso, precisa ser combatido rapidamente.

Em relação aos procedimentos de urgência, nem sempre é algo totalmente inesperado. 

Pode ser que você já tenha um problema dentário, como cáries ou outras doenças, e que a dor causada por essas patologias se intensifiquem, sendo necessário que você vá até o dentista, sendo casos mais agravados e que também demandam atendimento ágil mas que não oferecem risco imediato.

O que fazer em situação de emergência?

Caso você passe por uma situação de emergência odontológica, é importante ter algumas ideias do que fazer para que tudo ocorra bem e reduzir riscos e imprevistos, bem como – no caso da perda dental – poder recuperar a estrutura.

Primeiramente, é importante que você vá rapidamente até uma clínica odontológica que possua atendimento de pronto socorro, que são especializadas nesse tipo de processo.

Além disso, ao possuir um plano odontológico com clínicas com pronto socorro, é possível ter esse atendimento mais ágil.

Isso evitará que os problemas se agravem e garantirá que a dentição seja tratada rapidamente. Isso ocorre, principalmente porque, os convênios têm até, no máximo, 48h para iniciar a cobertura, facilitando o atendimento que tende a ser mais custoso.

Além disso, existem outros cuidados, que podem não parecer tão essenciais, mas são de suma importância para que os procedimentos de correção, que podem ser, inclusive, cirúrgicos, funcionem da maneira adequada.

Claro, esses cuidados dependem muito de que tipo de emergência que estamos falando. 

Na fratura dos dentes, por exemplo, que costuma ser um dos procedimentos de emergência mais comuns, é importante que você lave bem os dentes com água morna, evitando que eles acumulem sujeira.

Se o dente permanente cair, você não deve tentar encaixá-lo no local em que ele estava anteriormente e deve ir rapidamente para o centro de emergência odontológica. 

Nesses casos, os dentistas conseguem recolocar o dente na posição adequada em até uma hora depois da queda.

É importante que você não tente tratar o problema com soluções caseiras sem comprovação de eficácia.

Dependendo das substâncias utilizadas, o problema pode ser agravado ainda mais, podendo prejudicar a saúde como um todo e tornar o quadro irreversível.

A importância de ter um convênio

Pode não parecer, mas procedimentos de emergência, assim como de rotinas, urgência, estética, entre outros, são muito recorrentes em clínicas odontológicas.

Como no caso dos tratamentos de emergência você provavelmente não estará preparado para a situação, é fundamental que tenha como receber um atendimento de qualidade imediatamente, visto que essa é a principal forma de solucionar problemas de emergência.

Por isso, uma forma interessante e que pode ser a mais vantajosa para as pessoas, é possuir um plano de odontologia, que pode ser, por exemplo, um odonto empresarial.

Um convênio de odontologia funciona da mesma maneira que um plano de saúde, sendo que a principal diferença é que, enquanto os convênios de saúde funcionam em hospitais, para procedimentos variados no organismo, o de odontologia trata exclusivamente de problemas e manutenção da saúde bucal.

Além disso, os procedimentos de emergência podem apresentar valores mais expressivos para sua devida realização, visto que demandam de algumas ações mais invasivas e pronto atendimento. Mais ainda, acompanhamentos posteriores podem ser necessários.

Por isso, contar com um plano odontológico de qualidade pode ser um diferencial nesse momento, pois mediante ao pagamento de uma mensalidade fixa, é possível ter acesso ao atendimento clínico odontológico especializado mesmo em situações emergenciais, sendo mais acessível.

Outra vantagem importante é que existem diferentes categorias de plano odontológico, e você pode optar por aqueles que te proporcionam os melhores benefícios, adequando-os às necessidades.

Para microempreendedores, por exemplo, o plano dental para MEI pode ser o que melhor se adequará às demandas e orçamento desses profissionais. 
Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.