Como organizar seu local de estudos

Foto por StockSnap/Pixabay

Se você procurar dicas na internet sobre como organizar seu local de estudos, encontrará em grande parte artigos que te orientam a ter uma mesa limpa e bem organizada, e as imagens parecem ser de escritórios e não de estudantes.

Limpeza é fundamental, porém nem todos os estudantes e concurseiros se dão bem com locais muito organizadas.

A questão é: você precisa ser honesto consigo mesmo e saber em qual tipo de mesa rende mais, uma organizada ou desorganizada. De qualquer modo, mesmo em uma mesa desorganizada e caótica, quem a usa tem uma mínima noção de como suas coisas estão organizadas.

Independente se você prefere uma mesa mais ou menos arrumada, neste artigo daremos informações gerais sobre como organizar um bom local de estudos: nada mais que um lugar onde você consegue sentar, estudar sem ser interrompido, seja por fatores internos ou externos e, após o período, sentir que saiu aprendendo algo novo.

No final do artigo deixaremos um exercício para você saber se o lugar onde está estudando é produtivo ou não para você. Vamos lá!

Cadeira

Não pode ser desconfortável, ou você mudará constantemente de posição. Isto gera paciência e desconcentração. Também não pode ser uma cadeira excessivamente confortável, daquelas que ao sentarmos sentimos um estado de relaxamento tão forte que logo ficamos sonolentos e cochilamos.

Procure um meio termo, uma cadeira confortável, mas que não cause tanto relaxamento.

Uma observação muito importante é a atenção com a postura. Sentar muito tempo de modo inadequado, com a postura incorreta, gera desconforto, dores corporais e na cabeça, sensação de cansaço e sonolência. Estes fatores atrapalham seu rendimento e, por isto, evite-os.

Materiais

Tente dispor de todo material que usará antes de sentar e começar a estudar. Tire um tempo para organizar os livros, apostilas, cadernos, dicionários, obras de referência, blocos de notas, lápis, borracha, caneta, enfim, tudo o que achar indispensável para sua sessão de estudos.

Isto evitará que você fique levantando demasiadamente para procurar materiais e informações que lhe faltam. Isto pode dispersar seu raciocínio, diminuir sua concentração, tornando-o menos produtivo.

Quanto maior for o seu foco no estudo melhor será a qualidade dele. Se você for estudar em casa, tente deixar seu material organizado após usar. Isto facilitará a retomada na próxima sessão de estudos.

Temperatura

Procure estudar em um local com temperatura agradável, com boa ventilação. Se não for possível, se vista de modo adequado para o ambiente, não sofra com o frio ou o calor.

Não deixe para procurar uma blusa de última hora, quando seu nível de concentração estiver elevado. Planeje-se antes e verá que sua sessão de estudos renderá bastante.

Iluminação

Uma boa iluminação é o ideal para estudar e, se possível, que tenha luz natural. Muitos de nós já escutamos que ler em locais mal iluminados faz mal a saúde dos olhos.

Isto não é de todo correto. Ler em ambientes com pouca luminosidade provocam um cansaço temporário nos olhos, que é restabelecido após um tempo em contato com a luz.

Contudo, ao ler em locais assim, nossas pupilas naturalmente se dilatam para aumentar a entrada de luz, o que causa mais esforço de nossos olhos, gerando cansaço e, muitas vezes, dores de cabeça. Se for ler e estudar por muitas horas seguidas, prefira lugares bem iluminados.

Se isto não for possível, use uma fonte de luz direcional, como as luminárias de mesa, isto tornará seu estudo menos cansativo e mais produtivo.

Tranquilidade

Talvez um dos fatores primordiais em qualquer lugar de estudos. Um local silencioso é indispensável para uma boa concentração no estudo.

Há pessoas, contudo, que preferem estudar com um pouco de som. Neste caso a sugestão é evitar músicas com letras, ouvir uma playlist de músicas clássicas ou sons com ondas de neurofrequência, pois estudos comprovam que estudar ouvindo estes sons aumenta nossa concentração e nos torna mais produtivos (LEIA ARTIGO AQUI SOBRE COMO ESTUDAR OUVINDO MÚSICA).

Evite interrupções de toda ordem. Converse com as pessoas de sua casa, com amigos e namorada que naquele momento você estará ocupado com uma coisa muito importante para você: estudando para o vestibular ou concurso público.

Leve o momento em que está estudando a sério, pois se você não o fizer as outras pessoas não o farão. Respeito seus objetivos, seus sonhos. Este é um ponto muito importante.

Muitas vezes as pessoas não nos atrapalham por maldade, porém, por falta de sinceridade e honestidade de nossa parte não conseguimos dizer não nos momentos que devíamos, e isto pode tornar nossos estudos extremamente improdutivos, além de nos deixar frustrados.

Avise as pessoas importantes e que te querem por perto da importância daquele momento para você e inclusive para as pessoas ao seu redor, elas com certeza entenderão e te apoiarão.

Fuja das distrações como computador, notebook, celular, tablete, games, televisões. Estes recursos podem tomar nossa atenção por algo que, aparentemente, vai demorar somente 5 minutos, mas sem que a gente perceba estamos a mais de uma hora fazendo o que não planejamos e nem fizemos a coisa que faríamos naqueles 5 minutos. O plano de estudar vai por água abaixo.

Alimentação

Tenha por perto uma garrafa de água, alguma fruta ou um pequeno lanche. Isto ajudará a oxigenar seu cérebro e te dar mais energia. Se tiver sonolência persistente, procure se levantar, caminhar, esticar o corpo, fazer algum alongamento, beber um pouco de água e comer alguma coisa leve.

Esta dica pode afugentar a sonolência por fazer o sangue circular e dar um pouco de energia para o cérebro.

Dicas para quem não tem local em casa para estudar

A sugestão básica para quem não tem local em casa para estudar, é se planejar com antecedência, ir para uma biblioteca ou universidade.

Em geral, mesmo nas universidades privadas é possível entrar para usar a biblioteca no local, ficando restrito somente o empréstimo de obras. As públicas, embora não tão acessíveis e populares no Brasil, dispõe de empréstimos fáceis e lugares para sentar e estudar.

Sendo uma biblioteca pública ou privada, procure ficar longe dos balcões de atendimento, empréstimo e devolução, bem como dos terminais de consulta. Estes espaços estão mais propícios ao fluxo de pessoas e a conversas, o que pode tirar seu foco e te desconcentrar.

Se você não possui acesso a bibliotecas e nem espaço em casa, o jeito é improvisar e driblar a falta de condições, seja de espaço ou silêncio. Procure um canto em sua casa que achar mais conveniente, de preferência onde possa colocar ao menos um caderno dobrado e um livro aberto.

Faltando espaço na mesa para deixar muitos livros ou cadernos, deixe uma cadeira ou banquinho perto de você, empilhe seus livros, apostilas e cadernos. No caso de barulho, use protetor auricular. Se nem isto resolver, use um protetor auricular de inserção e cubra sua orelha com um protetor auricular de concha.

Nos casos de pessoas que estudam em bibliotecas, gostariam de permanecer estudando, porém os horários não permitem e é impossível fazer isto em casa, a sugestão é utilizar a aprendizagem indireta, que é possível de se realizar em ônibus, metrô, trem ou na muvuca da casa.

Nestas situações, aproveite para fazer revistas de passatempo, aplicar-se a jogos inteligentes baseados na neurociência, ou saia para rua com o intuito de caminhar ou correr. Estas atividades tornam seu estudo mais produtivo, pois afiam seu cérebro e seu corpo, tornando-os mais ágeis e resistentes (VEJA NESTE ARTIGO 4 DICAS DE COMO UTILIZAR A APRENDIZAGEM INDIRETA, MAS ACELERADA).

Não deixe de estudar se não tiver o ambiente adequado, nem use o fato de não ter o ambiente ideal de estudos para não estudar ou ficar desmotivado.

Se você é do tipo de pessoa que não dispõe deste ambiente privilegiado, seu esforço, dedicação e comprometimento com seu sonho serão o seu diferencial para superar estes obstáculos. Estudar tem que ser para você fator primordial.

Infelizmente nem todos temos as condições ideais de estudos, porém o mais importante é tornar produtivo o momento em que você se dispõe a estudar e ler, independente do local.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.