A importância do lazer para a vida a dois

Confúcio dizia: “escolha um trabalho que você ama e você nunca terá que trabalhar um dia sequer na vida”. Para os antigos, “trabalho” e “vida” não se separavam. Para nós há uma divisão nestas áreas: trabalho é obrigação, vida é tudo que fazemos livremente. Não por acaso, lazer é tempo livre. Nele, agimos espontaneamente.

Se a separação entre trabalho e lazer é essencial para qualquer indivíduo, imagine para um casal? Por isto trouxemos 4 dicas sobre a importância do lazer para a vida a dois para você refletir sobre sua esfera pessoal e amorosa, promovendo mudanças intensas na sua qualidade de vida.

1 – Não deixe o trabalho te consumir

Mesmo para àqueles que amam o que fazem, estabeleça tempos para as atividades obrigatórias de sua vida e momentos em que possa relaxar, fazer o que gosta e aproveitar a vida a dois. Não raro assistimos filmes de comédias românticas em que os protagonistas têm dificuldades para aproveitarem o parceiro(a) e os filhos, mas achamos clichês. Porém, é um fato óbvio: devemos trabalhar para viver, e não viver para trabalhar, por isto, crie tempo para você e seu parceiro(a), seus filhos ou familiares.

2 – Supere o lazer alienado

O capitalismo é um sistema social voltado para a busca incessante do lucro e, por isto, quando não estamos produzindo alguma mercadoria, estamos consumindo-a. Para facilitar nosso consumo são criadas necessidades artificiais, que não são necessariamente nossas, porém, nós aceitamos, tornando-nos iguais, levando-nos a ver os mesmos filmes, séries, escutar as mesmas bandas, acessar os mesmos sites e por aí em diante.

Não há problemas nisso, mas a questão é saber se essas coisas são as atividades que vocês querem fazer enquanto casal. Por isto, crie forças para fazer aquilo que vocês desejam, seja dançar, passear, fazer trilha, e não só o que é facilmente oferecido pela sociedade e que, não raro, envolve a necessidade de dinheiro.

3 – Façam um caderno de desejos

Peguem um caderno e marque, por exemplo, 100 coisas que vocês querem fazer. Ou 50 lugares que querem visitar. Marquem em quanto tempo querem fazer estas coisas, visitar estes lugares. À medida que forem cumprindo os desejos, risque-os da lista. Quando acabarem todos marque fazem uma nova lista.

É importante que a lista seja feita pelos dois, para que o casal não fique fazendo somente coisas que um dos dois quer fazer. Outro ponto relevante é incluir atividades de diferentes custos econômicos e exigência de tempo: desde gratuitas como passeios ou corridas em um parque até viagens longas. Ter uma lista com diferentes atividades permite que vocês estejam sempre realizando algo, mesmo quando não tiverem dinheiro ou muito tempo para quebrarem a rotina.

4 – Respeite o lazer individual

Mesmo para casais é importante que cada um tenha espaço para realizar aquilo que gosta individualmente. Fazer tudo junto pode sufocar a relação. Casais devem estar juntos para se desenvolverem enquanto par, mas, também, individualmente, e o lazer é fundamental para isto. Assim, busquem um equilíbrio baseado na confiança e no respeito.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.